Quem era o idoso que bateu a cabeça e morreu ao tentar separar briga em Juiz de Fora
18/06/2024 13:31 em REGIÃO

 

Geraldo Magela Baessa Ríspoli, de 72 anos, é o idoso que morreu enquanto tentava separar uma briga na noite de segunda-feira (17) na Rua Eugênio Fontainha, no Bairro Manoel Honório, em Juiz de Fora.

 

  • Ele era advogado e atuava na cidade. Em divulgação, a OAB Juiz de Fora emitiu uma nota sobre o caso e em solidariedade a família da vítima.“A ordem dos advogados do Brasil manifesta a profunda indignação com o caso de gravíssima violência perpetrada contra um advogado, informando que segue acompanhando de perto o desenrolar do caso", disse.

O corpo de Geraldo Magela será velado no início da tarde desta terça-feira (18) na capela 2 do Cemitério do Parque da Saudade e sepultado às 16h30.

 

Advogado tentou separar briga

 

A vítima teria tentado separar uma briga de dois homens quando levou um soco, caiu e bateu com a cabeça no chão. Ainda não se sabe o motivo da discussão.

“Parece que eles estavam transitando na rua, discutiram um com o outro, e esse terceiro, que foi vitimado, tentou intervir. Um, não satisfeito com a intervenção dele, desferiu um soco. Ele caiu no chão, bateu a cabeça e já ficou desmaiado”, explicou o tenente Antônio Nazareno, do 2º Batalhão da PM.

 

 

Segundo o Samu, assim que a ambulância chegou ao local, a equipe verificou que ele havia sofrido uma parada cardiorrespiratória e tentou reanimar o paciente por mais de 40 minutos, mas não teve sucesso. O advogado ainda apresentava traumatismo cranioencefálico e sangramento no nariz.

Ainda conforme a PM, o suspeito de atingir o idoso foi identificado e preso em flagrante. Ele foi encontrado no local de trabalho dele, que fica nas imediações. A Polícia Civil investiga o caso.

 

 

Fonte: G-1 Zona da Mata

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!